A pausa que devemos ter


Quantas vezes nós não valorizamos nossa vida, reclamamos, desejamos até nem ter nascido? Todo mundo passa por isso, mas existem anjos na terra para nos fazer enxergar a vida de um jeito melhor. Um exemplo de anjinho que mexeu muuito comigo, foi a Audrey Nethery. A primeira vez que a vi, foi num vídeo no facebook em que ela dançava com outra menina, toda fofinha se requebrando, para seu tamanho, achei incrível sua agilidade ao executar vários passos, uma criança feliz como qualquer outra. 

Hoje, estava no face e me aparece outro vídeo dela, ainda não sabia seu nome. Através dele, encontrei vários outros e a notícia de que ela tem uma doença rara:

A pequena tem anemia rara do tipo Diamante-Blackfan (DBA), doença que faz com que sua medula óssea não produza glóbulos vermelhos de forma suficiente. São os glóbulos que levam o oxigênio para todo o corpo, e ela pode morrer se não passar regularmente por transfusões de sangue. Leia mais


Não é fácil, a doença está ali, mas Audrey parece não ligar, sabe? Ela ama dançar e faz isso com amor, uma alegria e vontade de viver, que cativa. Por isso, ela vem bombando e conseguindo arrecadar milhares de dólares para uma fundação DBA que pesquisa sobre a doença. Eu poderia passar direto por isso, mas me cairam lágrimas de ver que, mesmo tendo problemas sérios, essa guria sente que é perfeita para viver, ela transmite vida, ela vive mais do que eu ou você, vale a pena refletir sobre isso e erguer a cabeça pessoal. Torço muito pela Audrey, fazer este post é o que está no meu alcance para apoiar.


More Karaoke!!!
Posted by Audrey's DBA Photo Booth on Terça, 12 de maio de 2015

Vlwww 

0 comentários